Concurso Fotográfico: " Como eu vejo os Direitos Humanos"

  O Concurso de Fotografia ‘Como eu vejo os Direitos Humanos’, foi realizado em 2019 pelo Observatório de Direitos Humanos da Unicamp, com o apoio da Diretoria de Cultura da Unicamp (DCult) e da Editora Unicamp. O concurso tinha como objetivos a apresentação de fotografias, realizadas por membros da comunidade da Unicamp (alunos, funcionários, docentes, pesquisadores, etc), que representassem os direitos humanos de maneira geral ou parcialmente por meio da abordagem de tópicos, problemáticas ou aspectos particulares. Para este fim, entendeu-se como direitos humanos, de modo geral, formas de experiência, manifestação, representação, proposição e reivindicação de dignidade humana constante de todo e qualquer sistema cultural.

    O professor Rubens fez a divulgação do concurso entre os alunos extensionistas e os incentivou a inscrever fotografias que já haviam tirado durante visitas anteriores à comunidade através do projeto de extensão. A aluna Bianca decidiu inscrever uma imagem que havia fotografado no seu primeiro dia de visita à Vila Paula, e que sempre teve um valor simbólico muito importante para o projeto.

  O título escolhido para a fotografia pela aluna foi “Desigualdade e esperança”, e sua relação com a temática de direitos humanos foi descrita da seguinte maneira:

“A fotografia representa uma subversão do objetivo do concurso, na medida em que mostra um local de ocupação, expondo uma realidade que é oposta à garantia dos direitos humanos, ou seja, de dignidade humana, com acesso à moradia, saúde, saneamento básico, lazer, cultura... A simbologia da imagem reside no contraste entre as crianças (o que denota inocência, fragilidade), e o ambiente inóspito ao redor delas, no qual estão inseridas. Porém, em meio à miséria, consequência da desigualdade social, é possível vislumbrar a união e a esperança das crianças.”

     No dia 3 de maio é divulgado o resultado, tendo a foto da extensão, entre os 37 trabalhos inscritos, conquistado o 1º lugar! A entrega dos prêmios aconteceu no dia 6 de maio, no evento de inauguração da exposição das 20 fotografias selecionadas, que ficaram expostas durante todo o mês na entrada da Biblioteca Central “César Lattes” da Unicamp.

Foto vencedora. Bianca Campos, 2018
Discurso da aluna Bianca na cerimônia de premiação

Acesse aqui a matéria da

Unicamp

Acesse aqui a matéria da

FCM

Acesse aqui o discurso da aluna

Bianca Campos durante a premiação

   Em 2021, a fotografia ainda foi lançada dentro do livro “Os Direitos Humanos à prova do tempo: Reflexões breves sobre o presente e o futuro da humanidade”, a segunda obra da coleção Jurema, coordenada pela professora Néri de Barros Almeida, lançado no dia 19 de março. A fotografia abre a parte 1 do livro, que trata sobre as categorias fundamentais dos direitos humanos.

  O e-book reúne uma série de artigos acerca de direitos humanos publicados nos canais de comunicação da Unicamp a convite da Diretoria Executiva de Direitos Humanos (DEDH).

Fotos da cerimônia de premiação: